17/11/2017

Resenha literária - Fazendo meu filme 1 -A estreia de Fani

Nome:  Fazendo meu filme 1 -A estreia de Fani
Escritor: Paula Pimenta
Editora: Gutemberg
Nº paginas:  366
Classificação: 4 estrelinhas 

Sinopse: “Fazendo meu filme é um livro encantador, daqueles que lemos compulsivamente e, quando terminamos, sentimos saudade. Não há como não se envolver com Fani, suas descobertas e seus anseios, típicos da adolescência. Uma história bem-humorada e divertida que conquista o leitor a cada página.
Seja a relação com a família, consigo mesma e com o mundo; seja a convivência com as amigas, na escola e nas festas; seja a relação com seu melhor amigo e confidente. Tudo muda na vida de Estefânia quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima. 
É sobre isto que trata este livro: o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades. As melhores cenas da vida de Fani podem ainda estar por vir?”

Compre na:
Americanas Amazon Submarino Saraiva 


Quando era mais nova não curtia a literatura brasileira, tinha um enorme preconceito, achava que os livros eram entediante e que todo escritor brasileiro não saberia escrever um livro divertido e encantador do jeito que eu gostava. Isso acontece com muitas pessoas que ainda desconhecem a literatura nacional e vão pela ideia da maioria que nem se quer lê livros.

16/11/2017

Parabéns pra mim!


Agora são 21 anos de vida! 

Olá leitores do blog, como estão?

A postagem de hoje vai ser um pouco diferente, não é nenhuma resenha ou dica, nem mesmo curiosidade, é uma reflexão sobre a vida. Dia 12 de novembro fiz 21 anos, (caramba, to ficando velha, ou não, minha avó vai fazer 70), e no dia fiquei pensando e pensando sobre tudo, ou quase, mas foi um momento que eu queria dividir com vocês. 

Depois que saí da escola tudo mudou, eu amadureci porque tive que "viver" por conta própria, se tivesse um problema na faculdade eu tinha que resolver, buscar estagio, eu tinha que me virar e ir atrás, eu comecei a viver como uma adulta, e estou gostando disso, mas parte de mim ainda é uma menina e talvez sempre será. 

Gosto de pensar que tive uma boa infância, e realmente tive, brinquei, me sujei, aproveitei cada momento com meus primos e amigos. A adolescência foi o único momento em que eu mudaria algumas coisas, eu me dedicaria mais aos estudos e menos aos colegas, mas não mudaria todas as amizades, ou as brincadeiras que fazíamos, os momentos de conversa, as danças e diversões. Agora para o mundo já sou adulta, mas para mim ainda sou uma adolescente que ainda precisa amadurecer. 

Se existe algo que aprendi nestes três últimos anos foi que as pessoas podem mudar, podemos ser melhores, mas tudo depende de nós e das pessoas que nos influenciam, sabe, aquela youtuber, ou aquela atriz daquele filme, ou os pais, a serie, os amigos, estamos sempre cercados de influenciadores e sim fui influenciada, mas para o bem pois aprendi mais sobre mim mesma, sobre Deus e sobre o mundo. Tenho vontade de fazer todo mundo feliz, de mostrar que o amor existe e é a "magia" mais poderosa de todas, mas sei que mudar o mundo é realmente impossível. 

Agradeço a Deus por me criar, Ele sabe que o amo muito mesmo não estando perto como eu gostaria de estar, mas isso em breve vai mudar, preciso me dedicar a Deus, me apegar ao seu filho Jesus, pois somente Ele vai me fazer feliz e completa. 


A muitas coisas que eu queria dizer a vocês leitores, mas acho que vou montar uma lista e aos poucos fazer textos reflexivos sobre tudo, pois viver é uma arte, a arte de ser feliz, mas como ser feliz? 

O que acham da ideia de textos reflexivos? Comentem e felicidades pra vocês. 

Só uma outra coisa, eu amo o blog, ele me fez crescer muito e mesmo que não tenham muitos leitores e não vou desistir deste blog, fiquem sabendo. 

Beijo Grande e até a próxima postagem. 


13/11/2017

Dica de filmes - A prova de fogo


Nome: A prova de fogo

Ano: 2008
Duração: 2h 02 min
Elenco: Kirk Cameron, Erin Bethea, Kel Bevel
Gênero: Drama, romance
Nacionalidade: EUA
Classificação: 5 estrelinhas ***** Muito merecido, faz você sentir o verdadeiro sentido do amor.

Sinopse: “No trabalho o bombeiro Caleb Holt (Kirk Cameron) é um profissional que cumpre com todos os princípios, sendo um deles nunca deixar um companheiro para trás numa situação de perigo. Já em sua casa, ao lado da esposa Catherine (Erin Bethea), as coisa são bem diferentes. Caleb é um marido ausente e depois de sete anos de união o relacionamento está chegando ao fim. O pai de Caleb pede então que ele inicie uma experiência de 40 dias, denominada "O desafio do amor", na tentativa de salvar o casamento.



Gosto de filmes que deixam lições, que as vezes nos faz pensar sobre nós mesmos, como agimos, pensamos, observamos. Gosto de refletir e acho que todo mundo também deveria ser assim, não estamos sempre certos, mas pensar nos faz melhores e mais próximos do que pode ser o correto, então deixe sua mente aberta. 

10/11/2017

Seriados antigos que fizeram muito sucesso


Sabe aquela serie divertida que talvez seja da sua época, ou que por um acaso seus pais assistiram e te indicaram, ou até mesmo por um acaso acabou assistindo na tv?!

Hoje eu vou indicar algumas series que já assisti e amo muito. Algumas passaram no canal aberto da televisão e é bem provável que você conheça e outras que acabei conhecendo através de livros ou por acaso mesmo.

Vamos ver quais são estas series?

08/11/2017

Resenha Literária - Desventuras em serie - A gruta gorgônea

Nome: Desventuras em serie - A gruta gorgônea
Escritor: Lemony Snicket
Nº de paginas: 232
Editora: Cia das letras

Classificação: 3 estrelas, foi o mais chatinho da serie

Compre na:



Sinopse: “Este volume seqüencia à crônica da trágica e desgostosa vida dos irmãos Baudelaire esta, como sempre, repleta de infortúnios. Aqueles que ignorarem a advertência de Lemony Snicket encontrarão Violet, Klaus e Sunny em um tobogã, descendo as águas cinzentas de Arroio Enamorado. A situação não é das melhores: depois de resgatar Sunny das garras do Conde Olaf, os Baudelaire se vêem separados do amigo Quigley, numa jornada rumo ao pé das Montanhas de Mão-Morta.


Perdido no rio que deslisava, estavam assustados e com medo do que poderia acontecer, até que um submarino aparece. Os Baudelaire respondem o enigma corretamente e entram no submarino que por coincidência é de algum que os conhece, que conhece seus pais e o açucareiro.